Apresentação do Livro: Capa

Posted on Posted in Branding, Colunas, Guia da Escritora Independente

Na última coluna nós começamos a conversar sobre a apresentação da sua obra e dividimos em 3 pontos: sinopse, capa e diagramação. Já falamos sobre a importância de uma boa sinopse e os desafios que é para um escritor escreve-la. Hoje então, vamos falar da capa.

Quem acha que não se compra um livro pela capa está muito enganado. Muita gente compra sim livros pela capa. Tem gente que ainda gosta de entrar na livraria, passear, olhar capas, escolher livros por ela. Outras pessoas adoram ler a última linha do livro pra decidir se vão ou não comprar (mas isso é outra conversa…).

O que é importante pra gente, nesse momento, é a capa. As capas seguem tendências, como todo o resto na vida, mas ela se constitui basicamente de alguns elementos que devem transmitir a sua marca como autor e a essência do seu livro.

Se você observar alguns autores famosos, com mais de um livro lançado (mesmo não sendo séries) verá que eles seguem padrões: mesmo estilo de imagem, mesma fonte de títulos, mesma fonte de nome do autor. E todas esses elementos ficam em perfeita harmonia para encantar nossos olhos! Vamos pegar como exemplo as capas da Jojo Moyes. Elas sempre tem o mesmo tipo de tipografia, a mesma disposição de elementos e o mesmo estilo de imagens. Isso cria uma identidade da obra com o autor e é importante que você comece a pensar nisso desde o primeiro livro.

Eu confesso que não me ligava muito nisso até conhecer as meninas aqui da Escritor Publicado. Foram elas que reformularam a marca do meu blog e criaram uma identidade para as minhas capas. E pode parecer papo comercial e merchan, mas faz toda a diferença sim! Os leitores nos identificam por aquele estilo e isso influência em suas vendas. Então o primeiro passo para criar uma capa é criar a sua identidade como autor.

Os elementos de capa são básicos: Imagem, nome da obra e nome de autor. Se você tiver uma editora o selo dela também aparecera. Alguns autores gostam de colocar uma frase de impacto na capa. Outros usam algum selo do seu próprio blog. Se for um livro hot é importante colocar na capa um elemento que identifique que o livro tem essa pegada.

Fazer uma capa não é coisa simples. Combinar os elementos presentes, as tipografias (existem milhões de tipografias e fontes disponíveis em sites) e ainda passar a essência do seu livro é algo bastante complexo. Se for possível, opte por contratar um capista (a Escritor Publicado faz isso). Agora se não tiver jeito e você tiver que fazer sua própria capa tenha os seguintes cuidados:

1) A imagem que você for usar deve ser livre para uso comercial. Existem muitos bancos de imagens por aí. Pixbay, Unsplash e Free Stock são alguns exemplos de bancos gratuitos. Existem os pagos também. Jamais utilize imagens do Google sem conferir os direitos de imagem. E coloque no livro os créditos de onde sua imagem foi retirada. Se você for usar uma ilustração exclusiva, peça para o ilustrador assinar um termo de uso. Assim você se protege de possíveis problemas depois.

2) A mesma coisa acontece com as fontes. Existem sites para download de fontes. Utilize as que são livres para fins comerciais.

3) Atenção redobrada nas cores. Se você pretende comercializar seu livro na Amazon, lembre-se que o Kindle (leitor de ebooks da Amazon) é preto e branco. Faça o teste se em P&B sua capa fica legível.

4) Não invente… Sério gente… Vejo muitas capas que pegam pelo excesso de elementos e se tornam desagradáveis aos olhos. Capas simples e harmoniosas são capazes de conquistar muito mais que as rebuscadas!

Para montar sua capa você precisará de um editor de imagens. Existem muitos no mercado, inclusive para celulares, pesquise o que melhor lhe convém. Eu utilizo Photoshop. Mas existem outros mais simples e que tem a mesma finalidade.

A única regra para uma boa capa é harmonia entre imagem, fontes e cores. E claro, ela passar a essência do seu livro. Também é bacana que a capa crie um suspense quanto a história, ou traga algum elemento ou cena que surpreende o leitor. Não coloque um casal casando na sua capa se esse é o final da sua história.

Para que a gente leria se sabe como acaba o livro?

Lembre-se sempre que seu livro é um produto e assim como a embalagem de um presente a capa de um livro faz toda a diferença também! Você está dando um presente ao seu leitor e a capa dele é a embalagem que vai ou não conquistar de primeira.


Convidamos a autora Luisa Aranha para compartilhar com a gente e com você um pouco do seu processo de escrita e publicação enquanto Escritora Independente. Para a felicidade de todos, ela topou e vai fazer uma série de artigos esclarecendo algumas dúvidas de quem está iniciando neste caminho da auto publicação.
Para ver todos os textos da série, acesse: Guia da Escritora Independente
As opiniões aqui expressas são de exclusiva responsabilidade do autor do texto e não refletem necessariamente o posicionamento oficial da Escritor Publicado

Comments

comments

One thought on “Apresentação do Livro: Capa

  1. Muito bom a matéria de vocês. Estou prestes a publicar meu livro no clube de autores, mas ainda tenho duvidas quanto a capa. Vocês gostariam de analisar a capa que eu fiz?
    Se puderem me passe seu e-mail que eu envio.
    Obrigado e excelente matéria!

Deixe uma resposta para Alexander de Campos Andrade Silva Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *