Como usar a periodicidade para divulgar seu trabalho?

Posted on Posted in Escrita e Cultura

Quer você tenha recém embarcado nessa aventura de ser escritor ou já tenha alguns anos de experiência, uma coisa é certa: Suas publicações precisam ter constância, uma certa periodicidade. Não adianta ter plataforma, coesão, boa escrita e planejamento, se você não compartilha o seu trabalho com um espaço de tempo preciso.

O público precisa conseguir te visualizar, conhecer o seu estilo e ideias, mas para isso precisa saber quando e onde te encontrar. Caso contrário vira uma caça ao tesouro sem mapa, da qual nem todos tem tempo de participar. Isso diminui muito o alcance do seu conteúdo e fazendo com que ninguém se beneficie nem você (que não vai ter o público almejado) e nem o público.

Não vale a pena arriscar, não é mesmo?

Mas isso pode ser facilmente resolvido. E o melhor, com pouco investimento. Comece se organizando. Para isso você pode utilizar desde planilhas online até o bom e velho papel e caneta. Tenho algumas dicas para facilitar o processo:

    • Pense em todas as redes que você usa para divulgar o seu trabalho literário;
    • Separe o calendário do mês que você vai realizar as publicações;
    • Por rede, liste todas as publicações que você quer fazer no mês;
    • Em uma planilha organize em linhas e deixe em destaque o que é necessário para fazer as publicações, de preferência na ordem em que as coisas devem ser feitas. Vamos dizer que você divulga no Facebook, Blog e Instagram, você teria, por exemplo:
      • Facebook: 1) Separar texto que vai ser divulgado, 2) fazer download da imagem do post, 3) Escrever chamada, 4) Planejar data e hora;
      • Texto Blog: 1) Escolher tema, 2) Pesquisar, 3) Escrever, 4) Revisar, 5) Colocar no WordPress, 6) Revisar SEO e palavra-chave, 7) Buscar imagem, 8) Reduzir imagem, 9) Fazer upload da imagem, 10) Adicionar tags e 11) Agendar publicação.
      • Instagram: 1) Separar conteúdo, 2) Buscar imagem, 3) Fazer download da imagem, 4) Editar imagem, 5) Criar caption da publicação e 6) Planejar data e hora.
    • Pegue o seu calendário e marque os dias que as publicações devem acontecer, de forma realística. Se preferir, organize por cores as redes.
    • Na mesma planilha do passo 4) e crie outra tabela. Separe os nas seguintes colunas: Texto, Tema, Rede, O que Falta, Publicação e Status. Dessa forma você pode ir organizando as linhas de acordo com o que precisa ser feito no mês e ter controle de quando deve publicar.

Tá e…

Ter organizado o que você quer publicar, em qual rede e quando já é, pelo menos, metade do trabalho. Agora você tem que fazer. Agir. Se preferir tenha um aplicativo de notas no celular, dessa forma você pode sempre ir criando conforme tem tempo e quando chegar em casa só transfere para as respectivas plataformas e aplicativos. Há quem consiga ter disponível algumas horas no dia para se planejar e fazer as publicações com antecedência. Se esse for o seu caso, ótimo. O importante é ter as publicações organizadas de acordo com a sua realidade.

Já que isso vai refletir muito na sua consistência e interação com o público, é interessante se valer de aplicativos ou ferramentas para auxiliar a planejar as postagens. Neste texto mostramos duas opções. Mas claro, se você conseguir utilizar a própria rede social ou a plataforma do seu blog, melhor ainda.

Todo esse trabalho, vai mesmo ter retorno?

Não se preocupe, o bom da periodicidade é isso, ela oferece retorno. Pense em escritores que fazem sucesso, que são conhecidos, eles mantém uma presença constante. Isso faz com que o público que aprecia o estilo de escrita, o trabalho deles possa ter mais contato e portanto interagir mais. Torna-os presente no imaginário das pessoas. E isso acaba por gerar mais exposição, mais visitas no blog e portanto mais compra de livro.

Ao tornar-se mais presente, pois é isso mesmo que a manter uma periodicidade faz, você acaba por expandir o seu alcance nas redes, e não é esquecido por aqueles que deram uma vez um “like” e depois nunca mais ouviram falar de você. Isso é excelente e importante para qualquer profissão, mas para a de escritor é mais ainda.


Curtiram o texto? O que acham da periodicidade empregada no trabalho dos escritores?

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *