Os desafios de leituras e como eles beneficiam os escritores!

Posted on Posted in Escrita e Cultura

Fim de ano sempre rola um momento nostalgia não é mesmo? Parece que optamos por recapitular tudo o que passamos, fizemos e também o que faltou fazer em menos de um mês. E isso, muitas vezes, inclui as leituras do ano. Sim, elas mesmas. Afinal, quantos livros você leu esse ano escritor? Chegou a participar de algum desafio de leitura? Sabe o que são eles?

Os desafios de leituras sempre chamam um pouco mais de atenção nessa época do ano, afinal, é quando muitos fazem resoluções, planos, criam metas e se permitem muitos sonhos. Porém mais do que querer, é necessário agir. E no caso dos desafios de leitura, sentar e ler mesmo.

A ideia dos desafios de leitura é ampliar o seu alcance literário, fazendo com que você conheça novos livros, novos autores, redescubra clássicos, leia livros que nunca sequer pensou em ler e se arrisque em inclusive novos gêneros literários. Eles fazem você sair do lugar comum quando se trata da leitura. Claro que tudo depende do tipo de desafio que você vai escolher e de como você vai cumprir ele.

“Onde encontro?”

Você pode encontrar vários desafios de leitura pela rede, alguns booktubers inclusive criam os seus próprios e usam como forma de interagir com o seu público.  O bom de se fazer esses desafios em grupo por se dizer é que você acaba por poder compartilhar as suas leituras, angústias, quais livros está lendo, como está sendo o processo. Conhecendo outras pessoas, inclusive autores, o que torna o desafio algo menos solitário.

Fora os booktubers, você pode encontrar também em sites e blogs de literatura, além claro, do pinterest. Eu mesma fiz os desafio de 52 livros em 52 semanas, e encontrei isso em algum lugar da internet. Ou se quiser, você pode criar o seu próprio. O que é mais legal ainda! 

“É bom mesmo?”

Muito. Claro que depende de o que você considera ser bom. Afinal, você que escolhe o desafio, que cumpre ou não e quais livros vai ler. Eu comecei a fazer esse desafio, como já falei em um post do medium, na 1º semana de janeiro de 2017 muito como uma forma de ler mais já que eu sempre amei ler mas nem sempre tinha uma boa rotina com a minha leitura. E hoje, já finalizando o desafio, eu vejo o quão foi proveitoso isso para mim. Primeiro pois é muito fácil só ler livros que você gosta, difícil é ler ou reler livros que nem sempre fazem parte da zona de conforto. E isso envolve até mesmo se permitir ler alguns livros que talvez você nunca chegaria perto ou então ler os favoritos de outras pessoas.

Me desafiar a ler 1 livro por semana foi muito interessante, pois fez  o meu 2017 fosse narrado por diferentes histórias, contos, personagens. De forma consciente fui sendo exposta a diferentes formas de escrita, de pensar, ampliando os meus horizontes literários.  Mas essa foi a minha experiência e nem autora de livros sou. Ter a responsabilidade por se dizer, impostar por mim, de cumprir com uma lista tão grande fez com que eu expandisse meus gostos, trazendo mais diversidade para as minhas leituras. 

Essa mistura literária fez com que o o meu lado criativo se expandisse, e as minhas palavras mudassem. Além de me “possibilitar” reler livros que fizeram parte de importantes momentos da minha vida e de descobrir livros que pessoas perto de mim amam mas que eu sequer tinha me importado até me ver com o desafio de ler 52 livros em 52 semanas. Foram muitas leituras? Sim, mas que valeram a pena.

Como você pode se beneficiar disso

São inúmeras as formas que você pode usar os desafios de leitura a seu favor, a começar pelo fato de você ser um escritor, e como tal deve não só escrever bastante como ler idem. Lógico? Talvez, mas deveria ser. Afinal, quanto mais você se expõe a diferentes tipos de leituras, estilos de escrita, gêneros literários mais a sua escrita se desenvolve. Fazendo que ela fique melhor. O que sempre é bom, certo?

Outras formas, também muito interessantes e que podem lhe ajudar, é buscar desafios que tenham temáticas abrangentes, com temas específicos para cada livro, ou fazer um mapa mundi dos livros, com escritores de diversos países. Também pode ser uma bela forma de interagir com outros escritores, ampliando as suas conexões no meio e também lhe trazendo, porque não, novos colegas e amigos. Sem falar dos leitores que participam de desafios como hobby e que podem lhe conhecer e se interessar pelos seus livros. Já pensou nisso?

Se expor a novas leituras também pode ser uma boa forma de relaxar, especialmente se você estiver em meio ao processo de criar um livro novo, ou se possui um trabalho até mesmo estilo de vida muito estressante. Acaba por ser uma tarefa/hobby que te obriga a desopilar, a relaxar. Uma vez que você embarca nessa espécie de caçada ao tesouro literário cujo objetivo final é ler mais e cujo único responsável por concretiza-lá é você.

Mas tantas leituras…

Nem termine a frase. Precisamos sim de tantas leituras, quanto mais melhor. Em muitos países é completamente comum ler de ao menos 6 horas por semana durante o ano. E você quantas horas dedicou a leitura?  Sentiu um pontinho de vergonha? Espero que não. Afinal, a leitura é uma das principais ferramentas de um escritor. Por sinal, grandes autores são também ávidos leitores.

Ter uma grande carga de leitura deveria ser padrão, nem sempre é essa é a realidade em que vivemos. Porém que pode se tornar realidade, como é em vários países. E essa é uma das inúmeras possibilidades que os desafios de leituras te possibilitam. Com a leitura, você só tem a ganhar, sempre. Imagine quantos livros existem pelo mundo? No nosso país mesmo, quantos livros existem que você ainda não leu? Quantos autores nacionais cujos livros você não leu ainda? E bons autores ainda por cima. São muitos, mas muitos pontos que a leitura pode te trazer. E os desafios de leituras só contribuem para isso.


Sabe, são inúmeras as possibilidades, você só precisa tentar. E aí, qual desafio de leitura você vai tentar em 2018? A graça é se desafiar. Seja pelo número de livros ou temática. Lendo mais livros e muitas vezes inclusive saindo da bolha de escolha de leitura, o que é sempre bom!

Feliz ano novo!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *