Marketing Pessoal: o que fazer e o que não fazer

Posted on Posted in Branding, Marketing Literário
Uma das dificuldades dos autores é trabalhar com Marketing Pessoal. Muitos ainda tem em mente aquele escritor dos filmes que vive de pijama, é mal cuidado e não sabe se relacionar outros humanos. O escritor dos bastidores.

Hoje não é bem assim. As pessoas compram de quem elas conhecem, elas querem ler as histórias de quem elas conhecem. Elas buscam um ponto de vista, ou um estilo de escrita. Por isso o autor é tão importante. Por isso nós insistimos que você, autor é uma marca.
Marketing Pessoal

O que fazer?

Fale que você escreve

As pessoas precisam saber que você escreve. Seus amigos e seus contatos muitas vezes não sabem que você tem o seu lado escritor. Eles podem ser os seus primeiros leitores e os seus maiores incentivadores.

Mostrar o seu trabalho

Compartilhe o que você escreve. Pode ser apenas alguns trechos do seu trabalho, pode ser o trabalho completo em sites como o wattpad, o que fizer você se sentir mais confortável, o importante é mostrar como você escreve.

Interagir com outros escritores

As trocas com pessoas da nossa área são sempre muito enriquecedoras. Ninguém sabe tudo ou leu tudo. Falar com outros escritores, pedir opiniões, trocar idéias, tudo isso é muito válido. Além disso é uma forma de fortalecer a sua marca frente aos seus iguais.

Saber ouvir críticas

Ninguém é perfeito. Por mais que a gente se esforce sempre dá para melhorar. A internet tem muita gente que vai te apoiar e te incentivar, mas tem muita gente que vai te criticar também. Ao decidir se expor, você tem que decidir como vai lidar com esse tipo de atitude. Saiba ouvir. Absorva o que é bom, deixe passar o que é ruim.

Pedir a opinião dos seus Leitores

Ok, talvez a maioria deles não seja escritor, nem tenha interesse em escrever, mas se eles gostam de ler e, principalmente, se gostam de ler você, peça a opinião deles. Interaja, ouça as suas opiniões e veja o que elas tem de melhor. Não pense que o escritor é uma ilha, ou que ouvir os outros é se vender.

Continuar escrevendo

Não adianta fazer todos os passos se você parar. Dificuldades vão aparecer, muito provavelmente, mas continue. Se escrever e ser lido é seu sonho, faça-o acontecer.

O que não fazer?

Ser arrogante

Ninguém gosta de pessoas que se fecham para opiniões alheias e se acham os donos da verdade. Você vai encontrar na internet muita gente que sabe menos do que você. Não seja arrogante. Busque compartilhar o seus conhecimentos para ajudar de fato os outros, mas não se ache mais porque sabe mais do que alguém.

Achar que só o seu trabalho é bom

A internet tem textos e histórias para todos os gostos, todos os públicos. Você não precisa gostar de tudo que tem por ai, nem deve perder o seu tempo com aquelas que não gosta, mas, por favor, não ache que porque você não gosta não tem nenhum valor. Ou, se achar isso, guarde essa informação para você.

Brigar com quem discorda de você

Muita gente vai discordar de você. Várias questões acerca de literatura dividem as opiniões. Você tem todo o direito de expor as suas opiniões, claro, mas não brigue com quem discorda. Isso só vai prejudicar a sua marca. Quer mostrar seu ponto? Seja claro e objetivo e entenda que você não precisa convencer todos s pensarem como você.

Se esconder

Se você escreve e tem o sonho de ser lido, seja por 100 ou 100 milhões de pessoas não pode se esconder. Textos presos na gaveta não serão lidos. Não se esconda. Tome as precauções necessárias e se exponha, exponha o seu trabalho.

Fugir ao ouvir a primeira crítica

Você vai ouvir críticas, não tem como evitar isso, mas você não precisa fugir ao ouvir a primeira, nem a segunda, nem nenhuma delas. Siga o seu caminho, construa o seu público. Ouça o que as críticas tem de construtivo, busque melhorar, mas não desista.

Postar e Fugir ou Fazer SPAM

Redes Sociais são focada sua interação. Não vale querer apenas que as pessoas leiam você sem chamar para a conversa, sem comentar, sem responder. Não poste e fuja, interaja com os seus públicos, isso faz a maior diferença.
E então, escritores, o que vocês acharam? Dá para seguir essas guidelines e começar a construir a sua marca através de Marketing Pessoal? Lembre-se que, apesar de se chamar Marketing Pessoal, isso não quer dizer que você precisa compartilhar cada minuto da sua vida. A idéia é compartilhar o seu trabalho. Fortalecer a sua marca enquanto escritor.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *