O que são personas e como utilizá-las na sua estratégia de marketing?

Posted on Posted in Marketing Literário

Persona é um termo bastante utilizado por quem trabalha com marketing e comunicação, mas se você não é deste mercado, talvez fique confuso quando ouve falar em persona. Pois bem, hoje eu vou te explicar melhor o que é e qual a importância da persona para a sua comunicação.

Você pode ouvir o termo persona utilizado em dois contextos. Um é o de persona da marca, no sentido de como a sua marca se posiciona nas redes sociais. Quando você define uma persona para a sua marca, vai escolher uma voz, palavras que costuma usar (e a evitar), o tom das conversas (é bem humorado? é mais sério?), além de assuntos nos quais deve ou não opinar. No caso de escritores, tudo isso é um tanto instintivo já que se trata de uma marca pessoal.

>>Saiba mais sobre Marca Pessoal

A persona que mais nos interessa aqui então é aquele que se refere ao seu público, ou melhor, aos seus públicos. Também pode ser chamada de avatar, principalmente entre quem trabalha com infoprodutos.

O que são personas?

Personas são representantes do seu público. Elas servem para você adequar a mensagem da sua marca para diferentes públicos.

Pense na persona como um personagem. Quem ele é? O que ele faz? Como se comporta? Do que gosta? Do que não gosta? Quais canais de conteúdo costuma consumir?

Isso claro, deve ser feito com base em conhecimento empírico. Afinal, não adianta criar personas que não reflitam de fato o seu público.

Saber o máximo possível sobre o teu público te ajuda a entender ele. E só assim, entendendo o seu… Click To Tweet

Você não tem apenas um público!

Esse é um erro comum, fazer uma persona para a sua marca e terminar por ai. Na verdade, você deve atingir diferentes públicos. Quando for criar as suas personas pense em diferentes seguimentos de público que te interessam. Para cada um deles, crie um “personagem” diferente.

Dê nome, idade, pense em como a persona se comporta.

Quem é essa pessoa? É jovem ou velha? Casada ou solteira? Homem ou mulher? Onde mora? Como chega no trabalho? Em quais momentos ela busca o seu conteúdo? Que tipo de conteúdo vai atrair mais essa pessoa?

Saber o máximo possível sobre o teu público te ajuda a entender ele. E só assim, entendendo o seu público é que você vai conseguir planejar conteúdo que realmente interesse a ele.

Não fique apenas na imaginação, pesquise!

Ok, talvez você tenha algumas idéias de quem seja o seu público, afinal interage com ele, mas cheque as suas hipóteses. Facebook e Instagram te ajudam com o básico, se você já tiver uma fanpage e/ou perfil de empresa. Você consegue descobrir gênero, idade média, localização. Essas informações são importantes.

Além disso, busque conhecer de fato essas pessoas. Por exemplo, liste algumas pessoas que interagem bastante com a sua marca nas redes sociais e busque saber mais sobre essas pessoas. Sim, pode dar uma leve stalkeada. Você também pode chamar essas pessoas para conversar e fazer uma pesquisa qualitativa. Você quer identificar alguns pontos comuns que te ajudem a planejar uma comunicação melhor. Quer conhecer mesmo.

>>Neste Artigo te dou algumas ideias para conhecer seus leitores.

Para que serve a Persona?

Quando você cria a persona, está buscando conhecer a fundo os seus diferentes segmentos de público.  Vai estar segmentando exatamente que públicos deseja atingir e vai poder planejar melhor a comunicação para chegar até essas pessoas. Conhecendo-as, sabendo de seus hábitos e do que lhes atrai, você vai conseguir fazer uma comunicação mais focada e, portanto, mais eficaz para o seu trabalho.

Sim, você precisa conhecer seus públicos!

Uma objeção que sempre ouvimos quando falamos de públicos e personas é que o escritor tem que escrever primeiro para si e não deve escrever pensando no público.

Essa ideia não se placa a todos, mas tudo bem. Vamos imaginar que você seja um escritor de romances que vá se publicar de forma independente – esse é o ápice da liberdade criativa. Ainda assim, você tem um estilo próprio, ou almeja ter. Seus textos possivelmente tem alguma coisa em comum entre si; pode ser tema, a forma de narrar, a própria voz narrativa. Enfim, existem no seu texto algumas características em comum.

As chances são de que existe um nicho de público que vai se identificar e gostar das características do seu texto. Quando te incentivamos a criar personas, o que estamos dizendo é que você precisa aprender a identificar quem são essas pessoas, para poder fazer a divulgação do seu trabalho de forma eficaz.

>>Aqui tem mais sobre relacionamento com seus públicos

Veja bem, eu não disse para você escrever “de acordo” com o que o seus públicos preferem – até porque não dá para agradar a todos sempre -, mas para utilizar as personas na hora de criar a comunicação.


Resumindo:

Personas (ou avatares) são personagens que representam diferentes segmentos do seu público. Eles servem para que você possa fazer um planejamento de comunicação mais eficaz a fim de divulgar o seu livro para quem se interessa por ele, nos canais onde essas pessoas vão te encontrar.


E ai, escritor? Pronto para fazer as suas personas, conhecer mais sobre os seus públicos e fazer um planejamento de comunicação que faça seu livro bombar? Conta para a gente!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *