Planejamento Estratégico para Escritores

Posted on Posted in Marketing Literário

Ano Novo é sempre um período de reavaliar o que estamos fazendo e pensar em formas de melhorar. Seja na vida pessoal, ou profissional, nos enchemos de metas, mas sem um bom planejamento estratégico não tem meta que chegue até fevereiro. Por isso, vamos te convidar a não só traçar metas de fim de ano, mas se planejar para fazê-las acontecer.

O primeiro passo, é claro, é saber quais são os seus objetivos. O que você quer conquistar em 2017? Ter seu livro publicado? Terminar um novo livro? Criar uma base de leitores? Qual é o seu principal objetivo em 2017? É ele que vai guiar os próximos passos do seu planejamento.

Tendo isso em mente, pense nos recursos que você já tem para chegar ao seu propósito e do que você precisa. Por exemplo, talvez você já tenha um rascunho pronto, mas vai precisar de revisão, impressão, descobrir quais as editoras certas. Tudo isso custa tempo e dinheiro. Liste tudo o que você precisa, porque precisa, quem pode fazer, qual o prazo, onde e como vai ser feito, e quanto vai custar.

O que eu acabei de descrever foi o que conhecemos na comunicação como 5w2h, que tem esse nome por causa das perguntas em inglês (what? why? who? when? where? how? how much?). Essa ferramenta é excelente na hora de planejar, pois tendo todos esses fatores definidos, só não faz quem não quer. Ela te ajuda a “quebrar” o projeto em etapas.

Quando for definir o que você precisa, pense numa lista de tarefas para completar o projeto, ou seja, nada é pequeno demais. Se você precisa de um curso, de uma oficina literária para melhorar sua escrita, quem sabe, coloque lá, faça os orçamentos, veja o que você vai precisar levantar de recursos para tirar essa meta do papel.

O maior erro que as pessoas cometem ao fazer metas de ano novo é colocar objetivos que parecem grandes de mais para serem de fato realizados. Se você quebra seu principal objetivo em metas menores, em tarefas que você pode se imaginar fazendo e pode colocar na sua agenda, fica muito mais fácil. Um exemplo clássico: no lugar de dizer que você vai escrever por no mínimo duas horas todos os dias, pense em começar escrevendo um pequeno texto, que pode ser só 5 minutinhos, ou 10 linhas, todos os dias. Essa é uma tarefa fácil, que você pode completar mesmo nos dias em que o trabalho foi estressante ou que os filhos não queriam dormir.

Aliás, se escrever diariamente é um objetivo para você, como é para nós aqui da escritor Publicado, dá uma olhada no nosso projeto 365 dias de Escrita e se inscreva para receber mensalmente um e-book com tópicos para você escrever naquele mês. A gente deixa tudo planejado e você só tem que escrever.

#vem 2017!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *