Por que participar de coletâneas?

Posted on Posted in Marketing Literário

Uma das formas de ficar conhecido por mais leitores é participar de coletâneas. Livros de contos e crônicas que reúnem vários escritores tem uma grande vantagem: elas te ajudam a chegar a muito mais leitores. Pensa bem, se cada um dos 20 autores de um livro, vender para 20 pessoas, seus contos podem chegar até 400 pessoas sem um esforço tão grande da sua parte.

As coletâneas temáticas tem outra vantagem, elas já pré-selecionam o público pelo seu gosto literário. Por exemplo, uma coletânea de terror vai atrair gente que já tem interesse no assunto. Se é isso que você costuma escrever, bem, já vai ter uma chance de cativar mais alguns leitores.

Outra vantagem é que você vai aumentar o seu número de livros publicados e isso conta muito para quem pensa na carreira de escritor em termos acadêmicos também. Fazer parte de algumas coletâneas podem te colocar a frente de oficinas ministradas em universidades, bem como de cursos de pós graduação nesta área.

Quais as melhores coletâneas?

Existem muitas editoras fazendo coletâneas por ai, portanto há de se pensar em que tipo de livro e qual tipo de investimento você está interessado em fazer.

Coletâneas de Editoras

Não recomendo aquelas coletâneas que tem como principal objetivo fazer dinheiro para a editora. Tem muito disso por ai, você é convidado a participar, mas tem que comprar um número alto de livros e a editora não faz nem uma boa seleção ou revisão dos textos.

Isso é um modelo de negócios de editora, mas não tem vantagens reais para o escritor.

Se você for investir, busque editoras sérias que abrem editais para contos vez e outra e vão fazer para você o trabalho de edição bem feito. Ainda que algumas tenham uma cota de livros para o autor vender, o importante é saber se a seleção, revisão e edição serão bem feitas.

Concursos

Existem muitos concursos renomados dos quais você pode fazer parte e inclusive concorrer a prêmios em dinheiro. Um exemplo é a coletânea offlip, um selo da feira literária de Paraty que premia em dinheiro os primeiros colocados. Os livros foram digitais até a edição passada e tem um valor (bem salgadinho) de inscrição, mas vale pelo prestígio. Os avaliadores são renomados no meio e é um prêmio que fica bonito na sua bibliografia.

Sites e revistas online

O melhor, caso você não queira ou não possa investir é buscar coletâneas das quais você possa participar sem ter que fazer um investimento e, preferencialmente que tenham registro como isbn (as coletâneas digitais muitas vezes não tem).

Quer participar de coletâneas?

E por que eu estou falando desse assunto hoje? Porque aqui na Escritor Publicado a gente sempre viu a coletânea como uma oportunidade de divulgação que muitos escritores não sabem usar, por medo de cair em cilada de editora caça-níqueis, ou por não ter grana para investir em algum projeto de renome. E tendo isso em mente criamos nosso próprio projeto.

Uma revista de contos, que vai selecionar trimestralmente contos temáticos para publicação, sem qualquer custo para o escritor. O melhor, nós vamos fazer uma seleção e edição sérias. Sim, incluímos revisor e editor no processo porque acreditamos que só assim dá para fazer literatura de qualidade e trazer um público cada vez maior para a literatura contemporânea brasileira.

Abrimos a seleção para a primeira edição: o tema é verão e os contos não precisam ser inéditos. Veja o regulamento completo para participar no link: http://escritorpublicado.com.br/revista-de-contos/

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *