Os “agregadores” de link no Instagram e como você pode tirar proveito disso!

Escritor, muito se fala sobre as redes sociais, Instagram, Facebook, etc. Mas já parou para pensar no link que você compartilha nessas redes? Isso mesmo, no link que você disponibiliza no seu link da bio ou em um post. Já pensou sobre ele?

Pode ser que sim, pode ser que não. 

Se você nos acompanha a algum tempo já deve saber que o link da bio é mega importante. De verdade. Ele faz com que você consiga ter uma melhor centralização e organização do conteúdo que você compartilha nas redes. E serve como norteador também. No que o seu leitor vai clicar após visitar o seu perfil? No link da bio.

Nós inclusive já falamos sobre o link da bio aqui

Por ter cada vez mais importância, algumas marcas/empresas começaram a pensar em formas de otimizar o #linkdabio. Seja através de encurtadores de link, como o Bit.ly ou o Google URL Shortener que permitem certa personalização e controle do link, mostrando algumas estatísticas, quanto os agora jácada vez mais  utilizados “agregadores” de link.

O que são esses “agregadores”? 

São empresas, plataformas, que permitem com que se agregue em um link vários outros. Nela você pode ter um só link no seu Instagram ou Facebook, sem precisar alterar, e quando o seu leitor clica nele abre uma janela com diversos outros. Como, por exemplo da Escritor Publicado:

Percebe que através de um link só temos a possibilidade de compartilhar diferentes conteúdos ? Aumentando a chance de o nosso leitor encontrar algo que ele queira ler, fazendo que ele fique imerso no conteúdo que desenvolvemos. Isso é muito benéfico pois faz com que aumente a nossa visibilidade e faz com que ele possa eventualmente comprar algum produto oferecido por nós.

E como um escritor pode usar? 

Simples, o seu livro é um produto. E com essa ferramenta você pode adicionar mais de um link, ou seja: pode divulgar todos os seu livros ao mesmo tempo. E seu blog/site. E Fanpage no Facebook. Sem ficar no estresse ou correria de mudar constantemente o link da sua bio.

Você ganha tempo e oportunidades.

Pois não está preocupado em fazer alterações na sua bio, pode simplesmente moldar a sua divulgação para o que for mais urgente em determinado momento. Um dia pode divulgar um livro, no dia seguinte um post do seu blog e em um terceiro dia um evento que esteja participando. Isso tudo sem se preocupar se o seu leitor vai encontrar o conteúdo certo na bio.

E além do mais, te permite compartilhar conteúdos diferentes no Instagram Stories, IG TV e direciona-los para a sua bio. Aumentando o seu repertório e alcance.

Quais ferramentas se pode usar? 

As que mais se destacam pela funcionalidade são o Link.tree e o lnk.bio. Ambas fazem a mesma coisa. Agregam os links através de um só. E funcionam de formas similares. Você faz um cadastro, através do seu perfil do Instagram, e começa a personalizar como os conteúdos vão aparecer, bem como a ordem a ser seguida.

Depois você pega o link que foi criado e compartilha nas redes. As plataformas mostram, pelo menos na versão gratuita, quantas pessoas clicaram como um todo em cada item. E isso serve inclusive como medidor de como o seu público está se relacionando com a sua marca de escritor e com os seus posts nas redes sociais.

Ambas funcionam muito bem, possuindo verões gratuitas e pagas. Valendo a pena inclusive para escritores iniciantes que querem ter um alcance em termos de conteúdo maior. Além de funcionarem bem, as plataformas são fáceis de serem utilizadas e possuem login direto através do Instagram, o que facilita muito na hora de se conectar com elas.

E você? Já pensou em utilizar um “agregador” nos seus perfis? 

Me conte nos comentários!


O que vocês acharam desse post? Que tipo de conteúdo você quer ver aqui?

Quer saber como você pode vender os seus livros? Conheça o nosso curso, em parceria com a Rusga–Cursos Para Escritores , ” Como Atrair Leitores e Vender Livros.”

12 livros para dar de presente no dia dos namorados

Sim, 12 livros para presentear no dia dos namorados! Se você nos acompanha a um tempo (muito obrigada por sinal), já deve ter percebido que adoramos ler e recomendar livros. Ano passado fizemos a lista de 25 livros para dar de presente e também a de 5 Livros para dar de presente no dia dos namorados. Já em 2018 organizei uma lista com 5 Livros para ler nas férias, para ninguém ficar sem ter o que ler. E nesse dia dos namorados não podia ficar faltando alguns livros para você presentear o mozão/crush/você mesmo. Afinal, livro é um dos melhores presentes.

E por isso essa seleção está beeem diversa. Tem livro de finanças para ajudar a pessoa amada (ou você mesmo) a se ligar nos números, tem romance mais levinho, tem livro que já é best seller, livro com humur mais ácido, livro feminista, de tudo. Vem ver!

E já sabe, se curtir algum livro manda esse post como indireta…

Ei! Só para deixar claro, os links da lista são afiliados. Ou seja, a Escritor Publicado recebe comissão da venda pelo link.

12 livros para dar de presente no dia dos namorados

 Com Amor, Simon

Quote:

“Não consigo ficar com raiva quando estou tão loucamente feliz.”

Quanto: R$: 13,74 (e-book) e R$:24,90 (livro físico)

Sinopse:

Com nova capa e novo título, a apaixonante história de Simon que conquistou milhares de leitores com uma trama que trata com naturalidade e bom humor a afirmação e os dilemas de um adolescente gay.

Agora, a adaptação do romance chega às telas de cinema com Nick Robinson, de Jurassic World , no papel de Simon, e Katherine Langford, protagonista de 13 Reasons Why . Simon Spier tem dezesseis anos e é gay, mas não conversa sobre isso com ninguém. Ele não vê problemas em sua orientação sexual, mas rejeita a ideia de ter que ficar dando explicação para as pessoas — afinal, por que só os gays têm que se apresentar ao mundo? Enquanto troca e-mails com um garoto misterioso que se identifica como Blue, Simon vai ter que enfrentar, além de suas dúvidas e inseguranças, uma chantagem inesperada.

Para Todos os Garotos que Já Amei

Quote:

“São os detalhes que compõem a vida.”

Quanto: R$: 9,90 (e-book) e R$: 22,40 (livro físico)

Sinopse:

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.

Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

Amor & Gelato


Quote:

“Uma vida sem amor é como um ano sem verão.”

Quanto: R$: 9,90 (e-book) eR$: 21,51 (livro físico)

Sinopse:

Depois da morte da mãe, Lina fica com a missão de realizar um último pedido: ir até a Itália para conhecer o pai. Do dia para a noite, ela se vê na famosa paisagem da Toscana, morando em uma casa localizada no mesmo terreno de um cemitério memorial de soldados americanos da Segunda Guerra Mundial, com um homem que nunca tinha ouvido falar. Apesar das belezas arquitetônicas, da história da cidade e das comidas maravilhosas, o que Lina mais quer é ir embora correndo dali.

Mas as coisas começam a mudar quando ela recebe um antigo diário da mãe. Nele, a menina embarca em uma misteriosa história de amor, que pode explicar suas próprias origens. No meio desse turbilhão de emoções, Lina ainda conhece Ren e Thomas, dois meninos lindos que vão mexer ainda mais com seu coração.

Uma trajetória que fará Lina descobrir o amor, a si mesma e também aprender a lidar com a perda. Amor & gelato é uma deliciosa viagem pelos mais românticos pontos turísticos italianos, com direito a tudo de mais intenso que o lugar tem a oferecer: desde paixões até corações partidos.

O Conto da Aia

Quote:

“Ignorar não é o mesmo que ignorância, você tem que trabalhar nisso.”

Quanto: R$: 24,89 (e-book) e R$: 26,20 (livro físico)

Sinopse:

Escrito em 1985, o romance distópico O conto da aia, da canadense Margaret Atwood, tornou-se um dos livros mais comentados em todo o mundo nos últimos meses, voltando a ocupar posição de destaque nas listas do mais vendidos em diversos países. Além de ter inspirado a série homônima (The Handmaid’s Tale, no original) produzida pelo canal de streaming Hulu, o a ficção futurista de Atwood, ambientada num Estado teocrático e totalitário em que as mulheres são vítimas preferenciais de opressão, tornando-se propriedade do governo, e o fundamentalismo se fortalece como força política, ganhou status de oráculo dos EUA da era Trump. Em meio a todo este burburinho, O conto da aia volta às prateleiras com nova capa, assinada pelo artista Laurindo Feliciano.

A Bruxa não Vai Para a Fogueira Neste Livro

Quote:

“…

& invoquei uma tempestade

toda minha. “

Quanto: R$: 16,79 (e-book) e R$:16,11 (livro físico)

Sinopse:

Aqueles que consideram “bruxa” um xingamento não poderiam estar mais enganados: bruxas são mulheres capazes de incendiar o mundo ao seu redor. Resgatando essa imagem ancestral da figura feminina naturalmente poderosa, independente e, agora, indestrutível, Amanda Lovelace aprofunda a combinação de contundência e lirismo que arrebatou leitores e marcou sua obra de estreia, A princesa salva a si mesma neste livro, cujos poemas se dedicavam principalmente a temas como relacionamentos abusivos, crescimento pessoal e autoestima. Agora, em A bruxa não vai para a fogueira neste livro, ela conclama a união das mulheres contra as mais variadas formas de violência e opressão. Ao lado de Rupi Kaur, de Outros jeitos de usar a boca e O que o sol faz com as flores, Amanda é hoje um dos grandes nomes da nova poesia que surgiu nas redes sociais e, com linguagem direta e temática contemporânea, ganhou as ruas. Seu A bruxa não vai para a fogueira neste livro é mais do que uma obra escrita por uma mulher, sobre mulheres e para mulheres: trata-se de uma mensagem de ser humano para ser humano – um tijolo na construção de um mundo mais justo e igualitário.

Textos Cruéis Demais Para Serem Lidos Rapidamente

Quote: “como se você tivesse estudado estudado matemática e soubesse calcular meticulosamente o perímetro do meu peito, amoroso por sua existência”.

Quanto: R$: 23,66 (e-book) eR$: 23,31 (livro físico)

Sinopse:

Indo contra a tendência dos textos curtos e superficiais que são postados nas redes sociais, o coletivo literário Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente (TCD) passou a produzir e compartilhar um conteúdo extenso, profundo e extremamente poético em suas páginas no Facebook e no Instagram. Com seus escritos e ilustrações, eles acabaram atingindo um público muito maior do que o esperado, nos mostrando como, apesar da crescente agilidade que nossa comunicação exige, ainda precisamos de tempo para digerir e entender nossas complexas relações humanas. Para este livro, foram produzidos textos inéditos que ganharam a companhia das sensíveis ilustrações de Anália Moraes.

Me Poupe!

Quote – Não há. Explico: O livro é um guia sobre como lidar com o seu dinheiro, escrito pela criadora do primeiro canal de finanças no YouTube.

Quanto: R$: 17,11 (e-book) e R$: 21,68 (livro físico)

Sinopse:

Como economizar no dia a dia? Como poupar mesmo ganhando pouco? Quais são os melhores (e os piores) investimentos? Como poupar para o futuro sem abrir mão dos desejos e necessidades do presente? Sei que você tem muitas dúvidas sobre o que fazer com o seu dinheiro. Sei também que muita gente simplesmente não faz nada com ele – a não ser pagar contas e juntar moedinhas para chegar até o fim do mês. É por isso que estou aqui. Sempre fui uma poupadora compulsiva. Desde cedo compreendi que precisaria juntar dinheiro para realizar meus sonhos. Aos 7 anos comecei a poupar para comprar um carro quando fizesse 18. Com 23 comprei meu primeiro apartamento à vista. Aos 30 pedi demissão do meu emprego de repórter de TV e montei o canal Me Poupe. , no YouTube. Aos 32 me tornei milionária. Hoje o Me Poupe. tem mais de 1,5 milhão de inscritos e é visto por mais de 8 milhões de pessoas por mês, sendo pioneiro na criação do conceito de entretenimento financeiro ao falar de dinheiro com leveza e bom humor. Tenho orgulho de dizer que, aos 35 anos, estou perto de conquistar minha independência financeira. Vou contar para você como cheguei até aqui, as roubadas em que me meti, as dúvidas que tive e tudo o que aprendi ao longo desses anos. Mas este livro não é sobre mim. É sobre você, o seu dinheiro e a maneira como vem lidando com ele até agora. Eu resolvi escrevê-lo para passar uma mensagem curta e grossa: você pode sair do buraco, não importa qual o tamanho dele. Para ajudar nesse processo, reuni exemplos práticos, situações reais, planilhas e exercícios, e organizei tudo isso em 10 passos simples para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso. A partir dessas dicas, você vai aprender a dar um basta nos hábitos que sabotam sua saúde financeira, a identificar as crenças que impedem seu enriquecimento e a encontrar modalidades de investimento que caibam na sua realidade. E o melhor: vai descobrir um mundo maravilhoso em que o dinheiro trabalha para você, e não você para ele. Mas talvez a minha dica mais importante seja: poupar não é só acumular um monte de dinheiro. Poupar tem a ver com realizar sonhos. É necessário ter foco, estabelecer prioridades e até abrir mão de uma ou outra coisa em nome de um objetivo maior. Eu poupo desde criança porque tenho metas e propósitos. E essas metas e propósitos têm a ver com pessoas e com experiências, porque, afinal, viver não é correr atrás de grana. A vida vale pelas experiências que o dinheiro nos proporciona, pelos encontros que temos pelo caminho e pela alegria de estarmos vivos todos os dias. Nathalia Arcuri.

O Que Tem na Geladeira? 30 Legumes e Verduras em Mais de 200 Receitas Para Variar o Cardápio

Quanto: R$ 57,90 (livro físico)

Sinopse:

Como é que eu transformo a compra da feira em refeições variadas e saborosas todo santo dia? Este livro tem a resposta. Rita Lobo ensina sua fórmula de criar receitas e apresenta mais de 200 opções para variar o cardápio. Em O que tem na geladeira?, que é baseado na série de mesmo nome do canal Panelinha no YouTube, você vai descobrir que preparar comida saudável de verdade é mais simples do que parece.

O livro é dividido em 30 capítulos, cada um dedicado a um alimento – da abóbora ao tomate, passando pela cebola, escarola, milho, repolho, entre outros. E você vai aprender os melhores cortes, técnicas de cozimento e combinações de sabor para esses alimentos. Além das preparações com hortaliças, raízes e legumes, o livro apresenta também opções de receitas com carnes para compor o cardápio. Tem filé de pescada frita, tagine de peixe, coxa de frango assada, peito de frango grelhado, bisteca grelhada, lombo de porco, costelinha, kafta de carne, bife de contrafilé e muito mais.

Nas mais de 200 receitas, bem variadas, você encontra opções de entradas, pratos principais, muitos acompanhamentos e até alguns bolos, como o de cenoura, de mandioca, de pamonha, e sobremesas, como o doce de abóbora, o curau e um incrível sorvete de cenoura indiano, o kulfi. Para Rita Lobo, cozinhar é como ler e escrever: todo mundo deveria saber. Mas ninguém nasce sabendo! Este livro vai dar uma mãozinha nesse processo de aprendizagem.

Falando o mais rápido que posso

Quote: “Avance uma casa”.

Quanto: R$: 8,37 (e-book) e R$:32,18 (livro físico)

Sinopse:

A estrela Lauren Graham, da famosa série Gilmore Girls, dá um presente aos fãs. Em Falando o mais rápido que posso, a intérprete da eloquente e amada Lorelai Gilmore faz uma retrospectiva de sua vida e compartilha histórias engraçadíssimas sobre amadurecimento e sobre sua carreira de atriz. Ela também fala abertamente sobre os desafios e as cobranças de ser uma mulher solteira em Hollywood e conta histórias divertidas. Finalmente, Laura encara uma épica maratona de Gilmore Girls e relembra  como foi gravar cada ano da série original e o que significou para ela voltar a interpretar, nove anos depois, uma de suas personagens preferidas. 

Os Homens Explicam Tudo Para Mim

Quote:

“A maior parte das mulheres trava guerras em duas frentes, uma para qualquer que seja o tópico e outra simplesmente para o direito de falar, de ter ideias, para ser reconhecido na posse de fatos e verdades, para ter valor, para ser um ser humano. As coisas melhoraram, mas esta guerra não vai acabar no meu tempo de vida. Eu ainda estou lutando, para mim certamente, mas também para todas as mulheres mais jovens que têm algo a dizer, na esperança de que elas vão começar a dizer isso.”

Quanto: R$: 13,41(e-book) e R$:17,91 (livro físico)

Sinopse:

Em seu ensaio icônico “Os Homens Explicam Tudo para Mim”, Rebecca Solnit foca seu olhar inquisitivo no tema dos direitos da mulher começando por nos contar um episódio cômico: um homem passou uma festa inteira falando de um livro que “ela deveria ler”, sem lhe dar chance de dizer que, na verdade, ela era a autora. A partir dessa situação, Rebecca vai debater o termo mansplaining, o fenômeno machista de homens assumirem que, independentemente do assunto, eles possuem mais conhecimento sobre o tema do que as mulheres, insistindo na
explicação, quando muitas vezes a mulher tem mais domínio do que o próprio homem.
Por meio dos seus melhores textos feministas, ensaios irônicos, indignados, poéticos e irrequie-tos, Solnit fala sobre as diferentes manifestações de violência contra a mulher, que vão desde silenciamento à agressão física, violência e morte.
Os Homens Explicam Tudo para Mim é uma exploração corajosa e incisiva de problemas que uma cultura patriarcal não reconhece, necessariamente, como problemas. Com graça e energia, e numa prosa belíssima e provocativa, Rebecca Solnit demonstra que é tanto uma figura fundamental do movimento feminista atual como uma pensadora radical e generosa.

That’s What She Said: Wise Words from Influential Women

Quote: 

“How could my generation tap into the women of the past who had risked so much to make their voices heard?”

Quanto: R$: 62,17 (e-book) e R$:80,15 (livro físico)

Sinopse:

Distraught by the results of the 2016 election and the realization that the nation was not ready for its first female president, Kimothy Joy found herself poring over the biographies of brave women throughout history—those who persisted in the face of daunting circumstances—to learn from their experiences. Turning to art, Joy channeled her feelings to the canvas, bringing these strong women to life in bold watercolor portraits surrounded by inspirational hand-lettered quotes. With each creation, Joy found catharsis and hope. She shared her watercolors with her online community and encouraged everyone to raise their own voices and recharge for the battles ahead. Now, in this beautiful gift book, Joy has gathered her stunning illustrations and quotes and paired them with surprising, illuminating biographies of her subjects to inspire women of all ages, races, and backgrounds. That’s What She Said honors a powerful and diverse group of over fifty women—from Maya Angelou, Gloria Steinem, and Virginia Woolf to Sojourner Truth, Malala Yousafzai, and Ruth Bader Ginsburg—role models whose words and insights remind us that we must never give up the fight for a more just and equitable society. Reclaiming the derogatory cultural barb “that’s what she said,” this stunning book celebrates strong female leadership throughout history and empowers current and future generations to find their voices and inspire change in their communities.

A Cor Púrpura

Quote: 

“Todo dia ela lê, ela estuda, ela pratica caligrafia, e tentar fazer a gente pensar. Na maioria dos dia eu tô muito cansada pra pensar. Mas Paciência é o outro nome dela.”

Quanto: R$: 13,36 (e-book) e R$:32,90 (livro físico)

Sinopse:

Nova edição revisada, em novo formato e com nova capa do vencedor do Prêmio Pulitzer de 1983

Vencedor do Prêmio Pulitzer em 1983 e inspiração para a obra-prima cinematográfica homônima dirigida por Steven Spielberg, o romance A cor púrpura retrata a dura vida de Celie, uma mulher negra no sul dos Estados Unidos da primeira metade do século XX. Pobre e praticamente analfabeta, Celie foi abusada, física e psicologicamente, desde a infância pelo padrasto e depois pelo marido. Um universo delicado, no entanto, é construído a partir das cartas que Celie escreve e das experiências de amizade e amor, sobretudo com a inesquecível Shug Avery. Apesar da dramaticidade de seu enredo, A cor púrpura se mostra muito atual e nos faz refletir sobre as relações de amor, ódio e poder, em uma sociedade ainda marcada pelas desigualdades de gêneros, etnias e classes sociais.


Esses foram os 12 livros que eu selecionei para você presentear nesse dia dos namorados. Tem algum que você já leu? Ou que você indica? Se sim, deixe nos comentários!

Programas de Afiliados – O que são e como você pode ganhar dinheiro!

Vocês já deve ter visto por aí, inclusive aqui no blog da Escritor Publicado: os programas de afiliados. Hoje, te explico o que são, como funcionam e como você escritor pode ganhar dinheiro com isso.

O que são?

São programas de logística muito simples em que as grandes empresas promovem a venda de produtos por meio de terceiros. Algo muito utilizado pelas empresas do varejo. Em programas assim o que acontece é que os interessados por divulgar (afiliado) os programas ou produtos que estão disponíveis no anunciante divulga em troca de alguma renda, seja ela uma comissão geral ou por item vendido

A partir daí o que acontece é que o anunciante disponibiliza imagens, textos, links ou até mesmo códigos para que o afiliado possa divulgar e ter o controle de quanto foi comprado pelo seu público. Isso é muito importante pois dá ao afiliado não só uma maior noção do comportamento do seu próprio público, quanto passa a dar uma maior valorização pelo trabalho desenvolvido, publicado na sua plataforma. Fornecendo o material básico para a divulgação dos produtos, o anunciante acaba por passar mais credibilidade para o afiliado, no caso você escritor.

Também há a possibilidade de pulverizar mais as divulgações dos afiliados, usando links indexados em stories, uso de aplicativos e links em vídeos, por exemplo. O que faz com que o afiliados consigam se valer de diferentes plataformas para divulgar os produtos.

Por que vejo tanto?

Essa super disseminação dos programas de afiliados tem se dado muito devido ao aumento de conteúdo sendo produzido online.  O que isso quer dizer? Que cada vez mais temos conteúdo de boa qualidade sendo publicado e lido (!!!) nas redes sociais e nos blogs. Isso acaba por abrir uma porta enorme para quem está disposto a “ceder” um pouco do seu espaço para determinados anunciantes e produtos.

Quanto mais seguidores e mais engajamento, melhor vão ser os resultados dos link dos programas afiliados. Isso não quer dizer que você não deva se inscrever em um deles, calma aí. Só que ele pode servir como outro incentivo para crescer mais a sua atuação nas redes. E também explica porque está ficando super comum vermos mais marcas, youtubers, escritores e influencers se valendo de tais.

Além do básico: quem trabalha com redes sociais também ganha dinheiro com isso.

Hoje em dia o público ficou mais seletivo, leva muito em consideração  a opinião de alguém que ele conhece, confia. Por isso também que quem trabalha com rede sociais viu nos programas de afiliados uma forma de gerar, ao menos uma pequena, parcela de renda. E o mesmo acontece com os com anúncios e publiposts: quem mais tem engajamento e seguidores acaba por ter mais sucesso fazendo tais.

E as grandes empresas já perceberam isso a um bom tempo. Tanto que atualmente investem muito em programas de afiliados, pois aproxima o produto que eles querem vender do consumidor. E aí que entra você escritor.

Como funciona para os escritores?

Como já falamos muito aqui no blog, da Escritor Publicado: você precisa ter uma marca de escritor. Munido disso você começa a trabalhar em cima do engajamento do seu público para depois começar a buscar programas de afiliados. São inúmeros os que existem, uma simples pesquisada no Google já pode te vários resultados, porém é muito interessante ler tudo sobre cada um deles. Só dessa forma você irá conseguir escolher o que mais lhe agrada.

Comece buscando por programas que façam parte do seu nicho. Que tenha sentido com o que você publica. E isso nos leva ao próximo questionamento.

Qual o programa de afiliados ideal?

Não existe programa perfeito. E eu nem vou tentar de convencer do contrário e oferecer “x”,”y” ou “z”. O que acontece é que o programa ideal provavelmente vai ser diferente do seu colega ou do meu. Algo comum quando se trata de público-alvo e nichos. Porém existe uma pequena ordem que pode te ajudar a chegar no programa que seja muito bom para você.

Exatamente isso! Ter uma marca de escritor consolidada + ter um bom engajamento + optar por um programa de afiliado que faça sentido para a sua marca e para o seu público pode ajudar muito a chegar em um programa de afiliado que te deixe satisfeito.

Depois da escolha, é só garantir que você está devidamente cadastrado no program. Inclusive, fique atento aos dados bancários. Tudo certo?  Agora crie postagens que façam sentido para o seu público e que você pode adicionar os devidos produtos do programa.

Depois de escolher você chega na parte mais interessante do processo: o divulgar.

Como divulgar para o meu público que faço parte de um programa de afiliado?

Sendo honesto. Ponto. Eu realmente podia terminar esse parágrafo aqui. A base é ser honesto, você não precisa fazer firulas, usar imagem em neon ou qualquer outro artiício para divulgar para o seu público. Uma simples linha no texto, antes dos links, já serve. Ou um aviso no stories com a #linkafiliado #programadeafiliado também. O que importa é que você avise para os seus leitores que ao clicarem em um link em determinada postagem eles vão ser direcionados para a compra de um produto cuja pequena porcentagem da venda vai ir para você. Simples.

Aqui na Escritor Publicado mesmo usamos sempre a mesma frase: “Ei! Só para deixar claro, os links da lista são afiliados. Ou seja, a Escritor Publicado recebe comissão da venda pelo link.” E nunca tivemos problemas. Contanto que você mantenha a transparência no processo de divulgação do programa e de quando isso acontece, a sua integridade de enquanto escritor/blogueiro/criador de conteúdo não vai ser afetada.

Então seja honesto mesmo, avise no stories, em posts do Instagram, em postagens de blog e não tenha medo ou apreensão de divulgar algo que pode sim te trazer uma renda a mais. Não só por ser uma prática super utilizada, mas por ser permitida nas plataformas, redes sociais e blogs.

E vocês, já participou ou participa de algum programa de afiliado?


Resumindo…

Os programas de afiliados estão em todos os lados na internet, inclusive no blog da Escritor Publicado. São programas  em que as grandes empresas promovem a venda de produtos por meio de terceiros.

Como funciona:

  • Interessados por divulgar (afiliado) os produtos que estão disponíveis no anunciante se cadastra no programa do anunciante divulga em troca de alguma renda/ por produto vendido
  • Quem consome o conteúdo orgânico da afiliado clica no link ou imagem (pré-disponibilizado pelo anunciante) e é redirecionado para a página de compra. Ao finalizar a compra o afiliado recebe uma porcentagem pré acordada no programa.

Eles se popularizaram devido ao aumento de consumo e publicação de conteúdo online. O que é ótimo, pois significa que aumentou a a chance de você ter uma renda extra através dele programas de afiliados.

Como funciona para os escritores? Simples, antes de sequer pensar em programas de afiliados você deve ter bem claro qual a sua  marca de escritor. Depois buscar por programas que contemplem o que você quer, o seu nicho e o conteúdo a ser divulgado. Nessa etapa é muito importante prestar atenção no o que o seu público quer ou espera do seu conteúdo a ser publicado. Para não arriscar perder a sua credibilidade e público.

Embora não exista programa de afiliado ideal, ter uma marca de escritor consolidada + ter um bom engajamento + optar por um programa de afiliado que faça sentido para a sua marca e para o seu público é o mais próximo de ideal que se pode chegar. Seguir essa mini fórmula é um bom começo para encontrar o programa de afiliados ideal.

Por fim, falta só avisar o seu público e para isso é melhor ser logo honesto. Avise através de hashtags, frases bem claras, etc. O que ficar mais claro para o seu público.

E você? Já participou ou participa de algum programa de afiliado?