Vantagens e desvantagens de cada tipo de publicação!

Aqui na Escritor Publicado adoramos falar ação. Certo? Por isso tem muito criar, planejar,escrever, divulgar, lançar, escrever, responder e publicar de sobra para todas as categorias do blog. Mas sempre antes de se decidir algo (outra ação aí escritor) é muito importante saber quais são as vantagens e desvantagens. Algo bem neutro, mas que às vezes fica batido, uma vez que muitas vezes pensamos na parte mais prática e nem tanto nos detalhes.

Tanto a publicação digital quanto a de livro físico tem seu devido valor. Possuem inclusive, algumas  semelhanças. Como por exemplo,  a mesma liberdade de ter o seu livro em diferentes plataformas digitais se iguala  nas formas de publicar o seu livro. Mas claro, todas elas são diferentes e como tudo, possuem vantagens e desvantagens.

Por isso, separei aqui as vantagens e desvantagens de se publicar para cada tipo de publicação. Segue comigo e vamos lá!

Vantagens

Baixo custo inicial;

Você não precisa investir muito para lançar o seu livro digital; O custo de publicar um e-book é relativamente baixo. Mesmo se você opte por investir em capista, diagramador e faça uma campanha de leads ainda sai mais em conta do que contratar uma editora prestadora de serviços e/ou pagar uma gráfica. Isso é muito importante de se considerar, ainda mais quando se trata de escritores iniciantes.

Você pode fazer alterações quando quiser;

Uma vez lançado basta editar o livro que quem já comprou o e-book vai receber as devidas alterações. Isso quer dizer que qualquer errinho pode ser alterado, sem grandes problemas. Sem grandes estresses e com rapidez

Fica pronto relativamente rápido;

Claro que você tem que fazer muitos processos similares ao de um livro impresso, mas não precisa esperar o tempo da impressão. Ou seja, se terminar todo o processo e quiser lançar em 24 horas você pode. E se quiser fazer toda uma programação de marketing digital, um planejamento e depois lançar também. E essa é uma ótima vantagem, já que possibilita maior liberdade de lançar, de criar e até de planejar novos livros.

Você pode fazer todo o processo editorial sozinho;

Claro, pode contratar um capista, diagramador. Mas não precisa, o processo de lançar um e-book possibilita um trabalho mais individual e com menos investimentos, claro que a qualidade do livro pode sofrer por isso. Mas não é algo obrigatório. É legal ter controle sobre o processo editorial? É, já que você acaba por fazer um livro que pode dizer muito a respeito sobre a sua marca de autor.

Você pode decidir quando faz promoção;

O controle da comunicação está nas suas mãos e você pode decidir quando vai dar livro grátis para aquele parceiro fazer resenha, quando vai ter promo. E quando não vai. Ter a possibilidade de decidir o que vai fazer é muito interessante pois você acaba por tomar as rédeas da sua venda.

Maior Lucro;

Publicar digitalmente significa que o valor que você investiria em uma gráfica e editora fica com você. Ou seja, o seu lucro é maior, pois só divide com as plataformas que disponibilizam o seu e-book. E quem não quer ter lucro, não é mesmo?

Desvantagens

Algumas pessoas, e ramos, não levam a sério e-books ainda;

Infelizmente, algumas pessoas não levam a sério ainda as publicações digitais. Muito por ser uma forma nova até pela alta quantidade de e-book no mercado que tem aparecido e que, como em todo meio, nem sempre possui a melhor qualidade.

Você não pode levar o seu livro em forma física para todos os lados;

Mas pode levar o seu e-book no seu celular ou e-reader. O que é parecido mas não é a mesma coisa. Isso pode dificultar um pouco para quem costuma frequentar feiras e outros eventos em que o seu livro pode ser divulgado.

Demora um pouco para você receber o dinheiro das vendas;

Isso pois as plataformas normalmente tem um período de espera entre a venda e o pagamento, que em alguns casos chega a ser de três meses. Não é algo muito ruim, só algo a ser considerado. Então por mais que tenha o fato de o você ter mais lucro, ele pode demorar um pouco para vir.

Dificuldade em cadastrar no Lattes;

Super conectado com a primeira desvantagem. Há uma certa dificuldade de se cadastrar no Lattes, mas isso só é relevante se você pretende usar para o meio acadêmico. Não é impossível, mas demora.

Não tem feiras e eventos para dar autógrafos, diminuindo as vendas;

Isso pode ser ruim, afetando as suas vendas. Mas tem muitos escritores que vendem bem sem nunca terem apresentado o seu livro em feiras. Você pode ter sucesso usando ferramentas de marketing digital por exemplo.

 

 

Vantagens

Você pode ter seu livro impresso, recém saído da gráfica;

Já pensou? Seu livro, pronto, impresso? Pois então, com a publicação do seu livro físico você pode pegar o seu livro na mão, levar na bolsa, na mala, aonde bem entender. Levar em eventos e tudo mais. Sabemos que esse é o sonho de muitos escritores e é algo que deve ser considerado.

Permite fazer lançamentos em feiras e eventos;

O  que são ótimas oportunidades para vender, já que o seu livro vai estar ali, justamente ao alcance do leitor e futuro consumidor. Além disso, você pode fazer eventos de lançamentos, conquistando assim novos leitores. Apresentando o seu livro para quem nem sempre teria a oportunidade de conhecer tal.

Pode cadastrar no seu currículo Lattes;

Se você é do meio acadêmico, isso é bem importante. A facilidade em cadastrar o seu livro no currículo Lattes é ótima na hora de se fazer concursos, disputar cargos e títulos. Bem interessante para os escritores que circulam pelo meio acadêmico.

Você, algumas vezes, não precisa se preocupar com a divulgação;

Mas deveria. Isso pois em alguns casos as editoras acabam por concentrar a parte da divulgação e promoção dos livros, sem envolver o autor. Se você não se importa, ok. Mas como você está no blog de uma assessoria de marketing, eu acredito que você valorize já uma comunicação bem feita. Isso é bom pois você pode se preocupar só com o que é essencial: escrever. Mas acaba por não ter acesso a venda e divulgação, muitas vezes.

Desvantagens

Alto investimento inicial;

Normalmente o escritor tem que arcar com um grande investimento próprio para que o seu livro saia; Isso é a grande desvantagem e a que inclusive afasta muitos (bons!) escritores da publicação de livro físico.. Esse investimento se deve ao valor que os trabalhos e funções envolvidos no processo de publicação física tem.

Você corre o risco de ficar com CAIXAS DE LIVRO PELA CASA;

Desculpa o caps lock gritando, mas é verdade. Uma vez impresso os exemplares são seus, e cabe a você e/ou a editora vender. Mas normalmente vai ser o escritor mesmo que vai receber a tiragem, correndo o risco de você perder dinheiro e de ficar com caixas de livros pela casa se você não divulgar o seu livro e/ou não ser vendido. Por isso, avalie sempre.

Demora para ficar pronto;

Nem tem como argumentar aqui. O processo de fazer um livro físico é muito mais demorado do que o de fazer um e-book. Logo é comum ele demorar bastante tempo para ficar pronto, afinal tem que passar pela impressão, capista, tudo. Só aceita que se você quiser que o seu livro seja impresso ele vai demorar.

Possíveis erros não podem ser consertados facilmente;

Já que uma vez impresso só imprimindo outras edições, qualquer erro demora para ser resolvido. E muitas vezes ficam sem ser corrigidos, já que para isso você vai ter que pegar o seu arquivo, editar e enviar para a gráfica em uma segunda edição.

É necessário se ter conhecimento de diagramação editorial;

Ou contratar profissionais que saibam ou até uma editora prestadora de serviço. Diagramar um livro físico requer cuidar as margens da impressão, os cortes, a parte do acabamento e até a costura do livro. Muito trabalho sim que se você não souber fazer, é melhor pagar por um profissional. Por via das dúvidas, já separe uma verba no orçamento para isso.

Se você está com uma editora, a parte de promoção e divulgação nem sempre fica no seu controle;

Isso pode ser um problema. Muitas vezes a parte da divulgação e promoção é de responsabilidade das editoras que nem sempre acabam por conhecer o seu público como você. Claro que não são todas, mas acontece. Por isso, é importante acertar tudo no contrato previamente, inclusive se a editora vai fazer a publicação e como tal vai funcionar. Se for necessário e possível, você pode até nos contatar.

Resumindo…


O que você achou das vantagens de desvantagens dos tipos de publicação? Alguma sugestão de ponto positivo ou negativo que deixei passar? Se sim, compartilha com a gente nos comentários!

Comments

comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *